O Instituto Geral de Perícias (IGP) acredita que a mulher de 60 anos encontrada morta de um motel tenha sofrido um infarto. O caso aconteceu na última quarta-feira (13) no bairro Niterói, em Canoas.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). De acordo com o registro da ocorrência, um homem ligou para o Samu relatando que a acompanhante dele estava passando mal dentro do quarto do estabelecimento. Quando a ambulância chegou no local, os socorristas constataram o óbito.

A vítima não teve o nome divulgado.