Homem é internado com dor no dedão e é diagnosticado com câncer no rim

Uma visita simples ao médico para verificar uma dor no dedão do pé que causou inchaço no tornozelo e na perna se tornou um pesadelo para o americano Richard Bernstein, 62 anos. Ao investigar as causas do problema, os médicos encontraram um câncer em estágio avançado em um dos rins — sem tratamento, ele só teria mais quatro dias de vida.

Bernstein passou por uma cirurgia de emergência que durou mais de 12 horas, onde os profissionais de saúde retiraram o rim e o tumor de quase meio quilo do corpo do paciente. O paciente ficou resfriado a uma temperatura de 18 graus para diminuir a circulação sanguínea e permitir o procedimento.

O câncer tinha se espalhado para dentro de duas artérias importantes, causando um aumento de pressão nos membros inferiores e causando a dor no dedo. Bernstein já havia procurado um hospital cinco anos antes com a dor, mas como não havia fratura, os médicos o mandaram para casa.

O americano completou o tratamento, já voltou a andar e está considerado livre do câncer há três meses. “Se minha perna inteira não tivesse inchado, eu teria morrido“, conta Bernstein, em entrevista ao jornal New York Post.

By Ellba Dark

Deixe um comentário

Você pode gostar